Páginas

quinta-feira, junho 14, 2007

A COR DA SAUDADE


A cor do amor que um dia já foi vermelha
hoje é púrpura, a pura cor da saudade.
É como a cor das pétalas da rosa vermelho carmim,
guardadas, envelhecidas e enrugadas pelo tempo,
mas que ainda exalam o perfume do amor
que se mantém inabalável, presente e fiel.
Um amor de alma que não morre e não envelhece.
Íntegro e inabalável, caminha firme o sentimento
forte e sempre jovem atravessa a dimensão do tempo.
E a estrela da saudade cintila em tons de púrpura,
em cada brilho abriga pedacinhos de felicidade
a memória dos inesquecíveis momentos.
- Poesia de Tahyane Rangel -

1 comentários:

andrea marisa disse...

CIGANO PARABENS,VC E UMA PESSOA ILUMINADA, FIQUEI EMOCIONADA COM TANTA INFORMAÇAO E POR FINAL ESTA MUSICA PARABENS,PARABENS

Text Widget

Text Widget